Economia

5286

Preços de alimentos disparam nos supermercados

Conforme previsto recentemente pelo setor, o feijão é o principal é o alimento que teve seu preço mais alterado

Tupã - Os alimentos tiveram alta de quase 7% nos supermercados nos últimos 30 dias e 2,73% do valor atual subiu somente na última semana. De acordo com a pesquisa semanal do campus da Unesp de Tupã, com essa expressiva alta nos alimentos, mais o aumento de quase 6% nos produtos de limpeza doméstica, o preço da cesta básica global ficou 2,30% mais caro na última semana.

 

Nos últimos 30 dias, segundo as informações, a alta acumulada já é de 6,32%. Conforme previsto recentemente pelo setor, o feijão é o principal é o alimento que teve seu preço mais alterado.

 

O produto, uma das bases da alimentação brasileira, já ficou 75,24% mais caro nos mercados, apenas no último mês, seguido pela batata que já ficou 30,88% mais cara e o frango resfriado que, nos últimos 30 dias, subiu 24,37%.

 

O açúcar cristal, com teve alta de 16,07%; a lingüiça fresca, acréscimo mensal de 14,95% e a farinha de trigo, 10,88%. Já no item limpeza doméstica tiveram alta expressiva o sabão em pó que está 11,22% mais caro e a água sanitária com 7,14%.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole