Economia

49209

Preço da carne deve permanecer alto até pelo menos fevereiro

Professor da Fundação Getúlio Vargas confirma informação

NACIONAL - Pelo menos até o Carnaval, o brasileiro vai sentir, no bolso, o peso para manter a carne no cardápio.

A inflação do produto deve continuar pressionando o orçamento das famílias até fevereiro, avalia o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Getulio Vargas, André Braz.

Em novembro, a carne de boi acelerou a taxa de inflação, tanto no atacado como no varejo, reflexo do aumento das exportações para a China, que enfrenta forte epidemia de peste suína.

Apesar da alta, esse item não deve mudar a dinâmica na composição do IPC, que segue com folga, principalmente no setor de serviços e bens duráveis, para queda na taxa básica de juros, a Selic, hoje em 5% ao ano.

Nona Dulce 366 (economia) - 10/12/19

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole