Economia

4874

Preço da carne bovina aumenta por causa do tempo seco

O resultado não é bom para a pecuária de corte já que o boi emagrece e faltam animais prontos para os frigoríficos.

ARAÇATUBA - O tempo seco provocou uma alta no preço da arroba do boi. Na região faltam animais para o abate e os reflexos já chegam no bolso do consumidor. O gado no pasto está longe de ir para o abate. Sem chuvas, o capim fica seco e perde nutrientes. O resultado não é bom para a pecuária de corte já que o boi emagrece e faltam animais prontos para os frigoríficos. Há quase três meses, não chove na região de Araçatuba, uma das principais produtoras do país. Mas esse não é o único motivo da alta da arroba do boi. A outra explicação é que o número de animais confinados caiu, agora durante o período de seca. Segundo a Associação Nacional dos Confinadores, a redução foi de 10%. Alguns criadores não quiseram investir sem boas perspectivas de lucro. Esses dois fatores fizeram o preço chegar a R$89. De acordo com o Cepea, Centro de Pesquisas Econômicas da USP, a arroba subiu 3,35% desde o final de julho. Valor que anima a pecuarista Daniela Liranço. No mês passado, a criadora confinou 400 fêmeas na propriedade em Birigui. A maioria vai ser vendida já com a arroba em alta.
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole