- Atualizado em 22/01/2020 14:30

Economia

49485

Justiça atende recurso da Artesp contra implantação de linhas para Guerino Seiscento

Companhia ganhou em primeira instância possibilidade de operar linhas onde já há atendimento

TUPÃ - O juiz Marrey Uint, da 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo,  atendeu a recurso da ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo contra uma decisão que garantiu à empresa Guerino Seiscento a possibilidade de operar linhas intermunicipais onde, de acordo com a reguladora, já havia atendimento por parte de outras empresas.

Entre as ligações há sobreposição de serviços com os realizados pela empresa Expresso de Prata.

A Guerino Seiscento alegou que a oferta de serviços ampliaria a concorrência, trazendo impactos positivos para o usuário do sistema de ônibus intermunicipal.

Entretanto, a ARTESP contestou os argumentos, dizendo por exemplo que não haveria redução significativa no valor da tarifa.

O magistrado acatou recurso e determinou que os serviços não podem ser realizados.

A Guerino Seiscento tem a possibilidade ainda de recorrer contra esta nova decisão.

Casa Avenida 362 (economia) - 21/01/2020

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole