Economia

50579

Como as medidas da flexibilização da quarentena anunciadas pelo governo do Estado afetam a região de Presidente Prudente

O governo não revelou, no entanto, qual é o peso dado para cada indicador na definição das fases por região.

PRESIDENTE PRUDENTE - Plano da chamada “retomada consciente” será feito por cinco etapas, divididas pelos Departamentos Regionais de Saúde (DRS)
 
O governo de São Paulo anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (27), a prorrogação da quarentena no estado por 15 dias, com flexibilizações progressivas, que serão feitas levando em conta as características de cada município. O plano da chamada “retomada consciente” será feito por cinco etapas, divididas pelos Departamentos Regionais de Saúde (DRS). O DRS de Presidente Prudente, composta por 44 cidades, consta em amarelo no mapa, incluída a fase 3. Já o DRS de Marília, que tem 12 municípios dos Oeste Paulista, está em laranja, na fase 2.
 
As regiões serão classificadas em fases de acordo com os critérios definidos pela secretaria estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus. A cor de cada região do mapa é determinada por uma série de critérios, entre eles taxa de ocupação de UTIs e total de leitos a cada 100 mil habitantes.
 
Esses indicadores são avaliados junto com dados de mortes, casos e internações por Covid-19 para determinar a fase em que se encontra cada região. O governo não revelou, no entanto, qual é o peso dado para cada indicador na definição das fases por região.
 
-Fase 1, vermelha: alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais
-Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições
-Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores
-Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3
-Fase 5, azul: “Normal controlado” – todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene
 
Pela classificação, para os municípios do DRS de Presidente Prudente, na fase 3 em amarelo, ficou determinado:
 
-Podem funcionar: atividades imobiliárias; concessionárias; escritórios; indústria não essencial; e construção civil.
-Aberto com restrições: bares, restaurantes e similares; comércio; shopping center; e salão de beleza. Fechados: espaços público; academia; teatro e cinema; promover eventos que gerem aglomeração, inclusive esportivos.
 
Já para as cidades do DRS de Marília:
 
-Podem funcionar: indústria não essencial; e construção civil.
-Aberto com restrições: atividades imobiliárias; concessionárias; escritórios; comércio; e shopping center.
-Fechados: espaços públicos; bares, restaurantes e similares; salão de beleza; academia, teatro e cinemas, promover eventos que gerem aglomeração, inclusive esportivos.
 
A retomada de aulas presenciais no setor de educação e o retorno da capacidade total das frotas de transportes seguem sem previsão.
 
As regiões serão avaliadas periodicamente de acordo com os indicadores de saúde, verificando se cumprem os critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada 7 dias (ou imediatamente, caso haja evidência da piora da situação). Taxa de isolamento, número de casos da doença e taxa de ocupação dos leitos de UTI são os principais critérios.
 
Pelo plano, só poderão iniciar a retomada das atividades:
 
-As cidades que tiverem taxa de isolamento de pelo menos 55%;
-As cidades que tiverem redução no número de novos casos por 14 dias seguidos;
-As cidades que tiverem disponibilidade de leitos de UTI
-Com manutenção do distanciamento social nos ambientes públicos
-Uso obrigatório de máscaras.
 
Mob Bom 239 (economia) - 28/05/2020
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole