- Atualizado em 17:22

Economia

45187

Adamantina e Tupã perdem habitantes, enquanto Dracena e Osvaldo Cruz têm novos moradores

IBGE divulga as estimativas de população dos municípios para 2018

REGIONAL - Em Osvaldo Cruz, são 32.754 habitantes neste ano de 2018, contra 32.709 no ano passado, um saldo de 45 habitantes a mais. A presença de presídios nessas duas cidades, cujos detentos são comnputads no universo populacional, repercutem nesses números.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (28) as estimativas de população dos 5.570 municípios brasileiros para 2018. A data de referência, para os números atualizados, é 1º de julho deste ano.

Os dados revelam que houve decréscimo populacional e cidades como Adamantina em Tupã, na atual estimativa, se comparado aos números de 2017. Em paralelo, houve acréscimo populacional em cidades como Osvaldo Cruz e Dracena.

No caso de Adamantina, a estimativa do IBGE mostra que em 2018 existam 35.023 habitantes, abaixo dos 35.139 da estimativa de 2017, uma diferença de 116 habitantes a menos. O decréscimo também foi identificado em Tupã, onde são 65.477 em 2018, contra 65.758 de 2017, segundo estimativas do IBGE, o que representa 281 habitantes a menos.

Mob Bom (teste) - 29/08/18

Já em relação a outras duas cidades pesquisadas a situação foi inversa, segundo as estimativas do IBGE. Em Dracena são 46.536 habitantes em 2018, quando em 2017 eram 46.324, permitindo um saldo de 212 habitantes a mais.

A expectativa maior é pela realização do Censo e 2020, para atualizar os últimos dados, apurados em 2010, que permitirão mencionar uma realidade mais objetiva sobre o cenário populacional dessas cidades.

Segundo o IBGE, as populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios.

O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010).  As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole