- Atualizado em 16/04/2019 16:05

Polí­cia

47535

Três homens são presos após desvio de mais de 74 toneladas de farelo de soja ser descoberto em Teodoro Sampaio

Carga furtada estava dividida em dois caminhões

TEODORO SAMPAIO - Um esquema de desvio de mais de 74 toneladas de farelo de soja foi descoberto pelas polícias Civil e Militar de Teodoro Sampaio, neste domingo (14), após uma denúncia anônima. A ação, registrada como furto, se deu em um galpão na Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563) e ainda resultou na prisão de três homens, de 40, 46 e 47 anos, conforme informações da Polícia Civil ao G1.
Uma denúncia via Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) indicava que dois caminhões bitrens descarregavam uma mercadoria furtada em um barracão localizado na SP-563, próximo à entrada de Teodoro Sampaio.

A corporação seguiu ao local e verificou que havia um caminhão trator, com placas de Adolfo (RS), com um bitrem graneleiro engatado e carregado, bem como, havia outro caminhão dentro do galpão, com identificação de Antônio Prado (RS), em processo de descarregamento de farelo de soja tostada.

Os policiais foram recepcionados por um comerciante, morador de Teodoro Sampaio. O homem foi questionado sobre a carga que estava sendo descarregada, bem como sobre a nota fiscal do produto, e este informou à PM o material não era de sua propriedade. Ele ainda declarou que alugava uma parte do galpão a um rapaz, proprietário de uma empresa de transportes, alugava outra parte do espaço, que era o ponto onde o caminhão estava descarregando o produto.

Conforme a Polícia Civil informou, enquanto os policiais conversavam com o comerciante, o proprietário da empresa de transporte compareceu ao local e informou que a carga era sua, mas que a matriz de sua empresa ficava em outra cidade – ali seria apenas uma filial – e por isso não tinha em mãos a nota fiscal da mercadoria.

(continua após a publicidade)

Spoleta 96 (estradas) - 15/04/19

Em seguida, o proprietário da empresa de transporte disse que iria até o escritório da empresa em busca da nota fiscal do produto, momento em que deixou o local e não retornou. Ele é investigado.

O comerciante manteve contato telefônico com o proprietário da empresa de transporte e este informou que estava tentando localizar a nota fiscal, mas posteriormente não mais atendeu às ligações.

Em entrevista com os motoristas dos caminhões e com o comerciante, foram informadas versões contraditórias e não comprovaram o real motivo de estarem em Teodoro Sampaio, nem tampouco acerca do descarregamento da carga em local distante do contratado, que era a cidade de Paranaguá (PR).
Os indivíduos, em interrogatórios, autorizaram o acesso ao conteúdo de seus aparelhos celulares.

Os caminhões e semirreboques, bem como a carga de farelo de soja, foram apreendidos e permanecem à disposição da empresa responsável para a retirada, segundo informou a polícia ao G1. Por questão de impossibilidade logística, os veículos permaneceram no local em que estavam, sendo dentro do galpão e um defronte ao imóvel, ambos em terreno particular.
Os proprietários do galpão não foram encontrados.
O galpão permanece devidamente fechado e as chaves do imóvel foram entregues aos cuidados da esposa do comerciante preso.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole