Destaque

48150

Padre que morava em Tupã é preso em operação contra a exploração sexual infantil

Padre morava em Tupã, mas atuava em Marília

MARÍLIA - A Polícia Civil deflagrou a Operação Querubim contra a exploração sexual infantil na Internet, na manhã desta quarta-feira (10).

Essa é a maior força-tarefa contra pedofilia já realizada em Bauru e região, em termos de prisões.

Nas cidades onde a Operação atuou, havia 15 alvos, dos quais 12 foram presos, inclusive, um padre que morava em Tupã, mas atuava em Marília.

Nesta manhã, o diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 4 (Deinter-4), Marcos Baurraj Mourão, concedeu entrevista coletiva para passar mais detalhes da ação, que resultou em detenção nas cidades de Bauru, Jaú, Ourinhos, Promissão, Ubirajara, Pederneiras, Marília e Tupã.

O Deinter-4, que contempla 76 municípios da região de Bauru, contou com o apoio de um policial Civil especializado neste tipo de investigação. Ele é de Rio Preto (Deinter-5).

Spoleta 131 (destaque) - 10/07/19

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole