Destaque

48239

Morre Juarez Soares, comentarista esportivo, aos 78 anos

Jornalista sofreu uma parada cardíaca e chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu

SÃO PAULO - O jornalista e comentarista esportivo Juarez Soares morreu hoje, aos 78 anos, vítima de infarto fulminante, em São Paulo. Ele tinha câncer e estava se submetendo a sessões de quimioterapia. A informação foi confirmada pela filha única, Ana Júlia de Grammont, jornalista da Record.

Juarez Soares, também conhecido como China, sofreu uma parada cardíaca e chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu. O último trabalho do jornalista foi na rádio Capital, na equipe do jornalista Anderson Cheni, mas estava afastado para tratar o câncer.

Na TV, Juarez Soares apareceu pela última vez na RedeTV!, de onde foi demitido em abril deste ano. Além da filha, o comentarista esportivo deixa uma neta, Aline, e a mulher, Helena de Grammont, jornalista da Globo, com quem ficou casado durante mais de 40 anos.

Em dezembro de 2016, Juarez Soares foi homenageado pela ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) por seus 55 anos de carreira. À RedeTV!, o jornalista refletiu sobre as mais de cinco décadas de profissão.

"A gente, olhando para trás nesse tempo de carreira, chega a algumas deduções. Cheguei a uma muito simples: a vida é só um minuto", afirmou o comentarista esportivo, que, em tom de brincadeira, anunciou a data de sua aposentadoria.

"Já marquei a data em que vou parar de trabalhar. Assim que o Corinthians ganhar mais três Libertadores", disse ele, torcedor assumidamente corintiano.

Trajetória

Juarez Soares Moreira nasceu em São José dos Campos (SP), em 16 de julho de 1941. Formou-se em pedagogia na faculdade Oswaldo Cruz, mas logo cedo começou no jornalismo.

Aos 17 anos, em 1958, trabalhou nas transmissões de futebol da rádio Cultura de Lorena, interior de São Paulo. Transferiu-se para a capital em 1961, onde foi aprovado em testes nas Emissoras Associadas, passando a trabalhar como repórter esportivo.

Juarez também trabalhou nas rádios Tupi e Gazeta até que, em 1969, foi contratado pela rádio Globo a convite do então diretor esportivo, Pedro Luís Paoliello.

Após cobrir a Copa do Mundo de 1974, realizada na Alemanha, Juarez Soares foi aproveitado também pela TV Globo, onde integrou a equipe jornalística em outros dois Mundiais: em 1978, na Argentina, e 1982, na Espanha.

Ainda na Globo, participou da estreia do telejornal Bom Dia São Paulo, em 1977, onde permaneceu durante quase três anos como comentarista esportivo ao lado dos apresentadores Carlos Monforte e Dácio Arruda.

Spoleta 138 (destaque) - 23/07/19

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole