Destaque

41144

Andradina: três mulheres morrem em curtume esmagadas por prensa

Possível falha em equipamento será investigada pela polícia

ANDRADINA - Três mulheres morreram esmagadas na tarde desta segunda-feira (25) em um curtume de Andradina (a 112 km de Araçatuba). Elas eram funcionárias e foram atingidas por uma prensa que serve para enxugamento de peles e couros, por volta de 14h.

Carla Cristina Pires Faria, 35 anos, Ângela Evangelista dos Santos, 44, e Thais Costa Martins, 29, foram removidas com a ajuda de uma empilhadeira. Com a chegada do resgate, os bombeiros constataram traumatismo e parada cardiorrespiratória. 

O Curtume Andradina fica no final da rua Paes Leme, perto da penitenciária do município, no bairro Pereira Jordão. Ângela trabalhava na empresa havia três anos; Carla, há dois; Thais ainda estava em período de experiência.

SECAGEM

A máquina onde ocorreu a tragédia faz a secagem do couro em duas peças. O equipamento, quando acionado, sobe uma delas para que as funcionárias possam trabalhar na outra, esticando o couro para a secagem. 

Para a prensa descer, deveria ser acionada novamente, mas baixou sozinha, esmagando as funcionárias. A máquina tem três metros de comprimento e dois de largura, pesando aproximadamente uma tonelada.

O encarregado de setor, José das Neves Chagas Filho, 48, estava em uma sala, quando ouviu os gritos. Foi ele foi que conduziu a empilhadeira que abriu a prensa e retirou as funcionárias. 

Todos os funcionários foram dispensados após o acidente. 

MANUTENÇÃO

A prensa passou por manutenção há cerca de um mês, mas seria desativada nas próximas semanas porque a fábrica adquiriu uma nova, o que permitirá ampliar a produção. O novo equipamento ainda não estava funcionando porque havia a necessidade da troca de um transformador, pois desligava sozinho.

ESCAPARAM DA MORTE

Duas funcionárias escaparam da morte. Uma delas deveria estar trabalhando com as colegas no momento do acidente, mas precisou sair temporariamente da sala; a outra foi remanejada para substituir um funcionário que faltou em outro setor.

NOTA OFICIAL

Em nota divulgada à imprensa, a direção do Curtume Andradina informou que "os detalhes sobre o ocorrido ainda são desconhecidos, mas reitera que está colaborando com as autoridades na apuração do caso". Além disso, iniciou processo interno para averiguar as causas do acidente.

"De profunda tristeza para com nossos pares, pois, em mais de 74 anos de funcionamento, nunca ocorreu um acidente desta natureza", lamenta. "Neste momento, a única e principal preocupação da empresa é prestar total apoio e assistência aos familiares das vítimas".

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole