Covid-19

51171

Médico que atuava no combate à Covid-19 morre com a doença aos 56 anos em Tupã

Prefeitura decretou luto oficial pela morte do infectologista que ficou 14 dias internado com diagnóstico de coronavírus.

TUPÃ - A prefeitura de Tupã (SP) informou na noite desta quarta-feira (5) a morte do médico infectologista Douglas Batista da Silva, aos 56 anos, em decorrência das complicações da Covid-19.
 
O médico morreu no início da noite após permanecer internado por 14 dias na UTI da Santa Casa. Segundo a prefeitura, Silva era considerado um dos principais nomes nas ações de enfrentamento à doença cidade.
 
Por isso, o prefeito Caio Aoki decretou luto oficial por três dias. O decreto estende a homenagem também a todos os moradores da cidade que perderam a vida durante a pandemia. Até agora, Tupã registra 22 mortes e 378 casos confirmados de Covid-19.
 
Apesar de pertencer ao grupo de risco, por ser hipertenso e diabético, o médico Douglas Silva manteve-se na linha de frente do combate à Covid-19, trabalhando desde o início da pandemia tanto no planejamento das estratégias contra a doença, como no atendimento aos pacientes.
 
Durante a atual pandemia, Tupã também sofreu com a morte de 14 idosos que moravam em um asilo onde foi detectado um surto de coronavírus. No asilo, 50 pessoas foram contaminadas e todos os moradores foram retirados da casa e levados para o antigo Hospital Dom Bosco, que passou por desinfecção.
 
Casa Avenida 485 (covid-19)- 06/08/2020
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole