Cidade

47219

Criminosos seguem com poluição ambiental ao jogar sofás velhos pelas estradas rurais de Osvaldo Cruz

É crime ambiental o descarte de inservíveis em qualquer lugar

OSVALDO CRUZ - Não é difícil esbarrar com sofás velhos pelas estradas rurais aos quatro cantos do município. Embora a Prefeitura de Osvaldo Cruz não tenha um levantamento oficial, descartar em terreno do vizinho ou estradas rurais, transformando o local em um amontoado de lixo, é crime ambiental.

A maior parte desse lixo é deixada sempre nas mesmas áreas: as encostas de estradas rurais. Quase sempre o descarte incorreto se dá pela falta de informação e porque as pessoas tendem a buscar a solução mais simples, ou seja, evitar grandes deslocamentos e depositar o chamado “volumoso” (TVs, sofás, madeiras etc.) em qualquer lugar.

Crime ambiental

Deixar sofás e outros resíduos – fora dos padrões da coleta domiciliar e seletiva – de qualquer tipo e tamanho na rua, em terrenos ou beiras de estradas ou rios é crime ambiental.

Quando o sofá não pode ser recuperado e/ou doado, a Prefeitura de Osvaldo Cruz recomenda a colocação desses móveis no ecoponto da cidade, localizado em área vizinha ao cemitério ou em caçambas.

O despejo de móveis velhos, principalmente sofás, contribuem para a proliferação de insetos (vetores) que transmitem dengue, leishmaniose, escorpião e tantas outras doenças e que habitam em locais com entulhos.

Stermar 66 (cidade) - 07/03/2019

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole