- Atualizado em 23:20

Cidade

50484

COVID-19: Tribunal nega liminar para flexibilização do comércio de Osvaldo Cruz

Lojas deverão permanecer fechadas, pelo menos até novo julgamento; Município aguarda pedido de reconsideração de juiz local

OSVALDO CRUZ - O Tribunal de Justiça de São Paulo não concedeu medida liminar solicitada pela Prefeitura de Osvaldo Cruz no sentido da flexibilização do comércio, ao contrário de Tupã e Bastos.

Segundo o que consta no mandado de segurança que tramita junto ao Tribunal de Justiça em São Paulo, o procedimento terá que aguardar decisão quanto ao mérito da causa.

Já o pedido de reconsideração de liminar concedido ao Ministério Público na Comarca de Osvaldo Cruz quanto aos serviços essenciais do comércio local poderem trabalhar  no sistema “drive thru” ainda não tem decisão do juiz local.

A Prefeitura de Osvaldo Cruz aguarda decisão na ação civil pública ajuizada pela Promotoria local em que houve aperto nas formas como o comércio não essencial pode atuar.

Os comerciantes de Osvaldo Cruz voltaram a fazer uma corrente de oração nesta manhã pedindo a reabertura de lojas.

Casa Avenida 432 (cidade)- 18/05/2020

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole