Fechar
Spoleta 153 (boa notícia) - 04/10/19

Boa Notícia

49866

Prisão de homem por ameça à Secretária de Saúde de OC rende homenagem aos PM's pelo Governador João Dória

Governador João Dória reconheceu trabalho dos Policiais Militares em solenidade no Palácio dos Bandeirantes hoje

SÃO PAULO - Os policiais militares da 3a Companhia da PM do 25º Batalhão de Polícia Militar do Interior (sede em Dracena),  Subtenente PM Adriano e Cabos PMs Rossi, Silva e Fernandes foram condecorados nesta manhã (9) pelo Governador João Dória em solenidade no Palácio dos Bandeirantes dentro do programa "Policial Nota 10". O prêmio é em decorrência do atendimento a uma ocorrência de ameaça à Secretária de Saúde de Osvaldo Cruz, Ivete Alves Conca, no dia 19 de fevereiro último.

Acompanhados pelo Capitão PM Alexandre Kihara de Campos, comandante da 3a Cia de Osvaldo Cruz, os policiais receberam a premiação nesta manhã em São Paulo como forma de iniciativa mensal para reconhecimento e estímulo ao bom trabalho policial em todo o Estado de São Paulo.

Entenda o caso que condecorou os PMs locais

Os quatro policiais homenageados prenderam o auxiliar de enfermagem que ameaçou de morte a Secretária de Saúde de Osvaldo Cruz, Ivete Alves Conca, naquela data. Os incidentes começaram por volta de 10 horas, nesta terça-feira, 18, na Secretaria de Saúde de Osvaldo Cruz na rua Fernando Costa (região da antiga Fepasa).

O servidor chegou à repartição e a abordou a Secretária na cozinha do prédio com ofensas e teria proferido ameaças de morte. Ivete Alves Conca saiu do local e se trancou em uma sala próxima, enquanto um outro servidor tentou conter o auxiliar. WIliam estaria com facas escondidas em suas vestes. Em seguida o suspeito foi embora.

A Polícia Militar foi acionada e o prendeu em sua residência. Também foram apreendidas algumas facas e o homem acabou conduzido ao Plantão da Polícia Civil.

O suspeito, que tem 55 anos, foi preso em sua residência na Rua Yutaka Abe. Sua genitora tentava contê-lo no momento em que a guarnição policial chegou.

Agressivo, o indivíduo tinha em mãos uma faca e uma foice, além de outras facas na cintura e teria oferecido resistência. O auxiliar ofendeu os policiais e em especial teria proferido palavras racistas contra um policial civil, que trabalhava na ocorrência. Segundo o autor ainda se alto lesionou e não permitiu a aproximação do agentes.

Com uso de técnica e sempre no intuito de preservação da vida dos envolvidos, os policiais premiados conseguiram conter o rapaz e o levaram até a Delegacia de Polícia Civil. As armas foram apreendidas, entre as quais uma foice que tinha um cabo adaptado.

Mob Bom 206 (boa notícia) - 09/03/2020

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole