- Atualizado em 12:04

Blog do Giu

49550

Vereador Bitinha tem WhatsApp clonado e duas pessoas teriam depositado R$ 2 mil para golpista

Parlamentar teve sua conta na rede social clonada nesta terça-feira

OSVALDO CRUZ - O Vereador Luis Ricardo Spada Bonfim, o Bitinha (PSDB), teve sua conta do Whatsapp clonada nesta terça-feira (28). Duas pessoas chegaram a depositar valores que, juntos, somam R$ 2,3 mil para o estelionatário que aplicou o golpe.

Em um vídeo, o Vereador conta que o golpista ligou de um número com o DDD 11 (região da Grande São Paulo) onde o estelionatário dizia que era da parte do Deputado Estadual, Cauê Macris (PSDB) e que gostaria de convidar Bitinha para o início do Ano Legislativo. O criminoso enviou depois uma senha via SMS com seis números.

"Depois me pediu para mencionar os seis números em voz alta em uma ligação seguinte. Eu mesmo sem abrir o SMS, apenas por mencionar a numeração percebi que meu WhatsApp havia sido clonado", afirmou Bitinha ao reforçar que com isso supostamente o Vereador teria sua presença confirmada no evento para o qual teria sido convidado.

Em seguida os números da agenda de WhatsApp do Verador começaram a receber mensagens solicitando empréstimos de dinheiro em nome de Bitinha.

O Vereador confirmou que duas pessoas chegaram a efetuar depósitos na conta do golpista. Uma mulher enviou R$ 1,1 mil e um homem outros R$ 1,2 mil. Bitinha registrou ocorrência na Polícia.

Como se dá o golpe?

O golpe da clonagem do WhatsApp é assim: a pessoa fornece o código numérico que chegou por SMS, tem o whatsapp clonado. Não consegue mais acessar. Claro, porque os contatos e conversas passaram para o celular do criminoso.

Já o golpista, de posse dos contatos da vítima, começa o trabalho: pede dinheiro para os amigos e principais contatos. Diz que é o próprio dono da conta, que está passando por dificuldades financeiras e que vai pagar o empréstimo depois. Os amigos, desavisados, muitas vezes, acreditam, e acabam dando o dinheiro.

Como prevenir?
 

O especialista em proteção de dados e direito digital, Felipe Palhares, explica que instalar autenticação em duas etapas, é importante.

Quem cai no golpe e não tem essa dupla verificação, enfrenta uma dificuldade maior: é que o criminoso pode, ele mesmo, instalar o sistema. E aí, o dono da conta terá mais trabalho para retomar os contatos.

Ao cair no golpe, é importante registrar um boletim de ocorrência, para que seus contatos saibam que não era você que estava pedindo dinheiro. E avisar, claro, a todo mundo.

A dupla verificação fica lá em cima, nas três bolinhas que ficam à direita na tela do whastapp. É só clicar  e ir para configurações e conta.

O e-mail de suporte do aplicativo é o support@whatsapp.com. Mas sempre fica o alerta:  nunca clicar em links ou sites desconhecidos e jamais compartilhar senhas.

PH Multimarcas 201 (blog do giu) - 29/01/2020


 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole