- Atualizado em 16:42

Blog do Giu

50755

URGENTE: Osvaldo Cruz e mais 11 cidades da região voltam para a fase VERMELHA da Quarentena e comércio não essencial terá que ser fechado

Medida vale a partir do dia 22, segunda-feira

REGIONAL - O governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde desta sexta-feira (19) o retrocesso dos municípios vinculados ao Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília para a fase vermelha do plano de flexibilização da quarentena.

A medida afeta diretamente 12 cidades da Nova Alta Paulista que integram a região de Presidente Prudente e que, até então, estavam na etapa laranja. São elas:

- Adamantina
- Flórida Paulista
- Inúbia Paulista
- Lucélia
- Mariápolis
- Osvaldo Cruz
- Pacaembu
- Parapuã
- Pracinha
- Rinópolis
- Sagres
- Salmourão

Com o rebaixamento, apenas os serviços considerados essenciais poderão funcionar na segunda-feira (22).

Entre os indicadores que justificaram a mudança de fase do plano de reabertura econômica, estão a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o aumento do número dos casos de contaminação pela Covid-19.

Os comércios de rua e shoppings deverão fechar a partir da próxima segunda-feira (22).

Também nesta sexta-feira (19) foi rebaixada para a fase vermelha a região do Vale do Ribeira.

Com isso, além das regiões de Marília e do Vale do Ribeira, o Estado passa a ter na fase vermelha as áreas sob influência de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto.

Os 44 municípios vinculados ao DRS com sede em Presidente Prudente já estão na fase vermelha desde a última segunda-feira (15).

Agora, todas as 56 cidades do Oeste Paulista passam a integrar a etapa mais restritiva do plano de flexibilização, que não permite o funcionamento do comércio.

Os critérios de classificação das cidades por regiões e fases de cores levaram em conta a relação do número de leitos hospitalares, principalmente os de Unidades de Terapia Intensiva, com o número de pessoas infectadas pela Covid-19.

Na fase vermelha, não será permitida a abertura do comércio.

Na fase laranja, será permitida a abertura do comércio com restrição.

Na fase amarela, será permitida a abertura do comércio, mas com algumas restrições.

Na fase verde, será permitida a abertura do comércio, ainda com algumas restrições.

E na fase azul, será permitida a abertura total do comércio, sem restrições.

A flexibilização da quarentena teve início no dia 1º de junho, com um plano adotado pelo governo do Estado de São Paulo, após 69 dias de restrições ao funcionamento das atividades econômicas como forma de incentivar o isolamento social e prevenir a propagação do novo coronavírus, causador da Covid-19.

Na fase vermelha, que é a mais restritiva, só podem funcionar as atividades comerciais consideradas essenciais, ou seja, que envolvem os serviços de alimentação, abastecimento, saúde, bancos, limpeza, segurança e comunicação social, entendimento adotado com base no decreto federal nº 10.282, de 20 de março de 2020. O texto garante as atividades industriais e agrícolas necessárias ao país.
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole