Blog do Giu

48885

Polícia de Tupã trabalha por dois dias sem parar e desbanca traficantes

Líder está preso e cumpre pena; quase 3kg de maconha foram apreendidos

TUPÃ - A Polícia Civil, através dos profissionais da Delegacia de Entorpecentes de Tupã, trabalharam por três meses em investigações e dois dias sem parar até a prisão nesta manhã (22) de uma quadrilha de traficantes.

Os agentes, que receberam apoio de policiais de civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Tupã e plantonistas da Central de Polícia Judiciária, monitoraram os indivíduos por 48 anos seguidas e identificaram onde a droga do grupo estava escondida.

Com um mandado de busca, os policiais conseguiram entrar na casa localizada na Cohab "Jamil Dualibi" e chegaram até um chapeiro, de 36 anos, recém saído do sistema prisional. O traficante admitiu que guardava e embalava drogas para outras pessoas.

Na mesma casa os policiais apreenderam quase 3kg de maconha. Uma parte do entorpecente já estava fracionada em porções próprias para a venda. 

Já uma outra parte bruta também foi recolhida, além de mais quatro tijolos, sendo um deles já partido, além de duas balanças digitais de precisão e apetrechos para embalar droga.

Depois a Polícia foi à procura de outros indivíduos já identificados. Em outra casa, desta vez na Cohab "José Feliciano" os policiais chegaram até uma faxineira de 35 anos. Em sua residência policiais da Dise apreenderam documentos, dinheiro e componentes de celulares que seriam enviados para dentro de presídios.

Em um terceiro local, os agentes vistoriaram um estabelecimento no Parque Ipiranga e apreenderam outra balança digital. O proprietário é um balconista de 46 anos, que foi localizado e detido nas imediações com apoio de policiais militares.

Líder é sentenciado e cumpre pena

A quadrilha identificada era comandada por um sentenciado, que se encontra em presídio da região. Parte da droga e todos os componentes de aparelhos celulares seriam enviados para unidades prisionais.

O trabalho que resultou na apreensão de quase 3kg de maconha, R$ 657 em dinheiro, documentos, componentes de aparelhos celulares, um veículo, além de objetos utilizados para preparar e embalar a droga é fruto de investigação de quase três meses pela DISE.

"No dia de hoje, novamente coroada de êxito, a ação contou mais uma vez com o imprescindível apoio de policiais civis da DIG e também da Central de Polícia Judiciária, além dos policiais militares Vesu e Gutierres", disse o Delegado da Dise, Flávio Delgado de Melo.

A autoridade enalteceu e agradeceu o empenho e dedicação dos policiais civis da DISE. "Todos não mediram esforços para conseguir identificar e prender mais uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas", completou.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole