- Atualizado em 15:04

Blog do Giu

49883

Operação Atoleiro da Polícia Civil, Ministério Público, Tribunal de Contas e Fazenda Estadual cumpre mandados em Pacaembu

Trabalhos começaram nesta madrugada e envolvem 20 Delegados de Polícia, 72 policiais civis, quatro Promotores de Justiça, seis agentes de fiscalização

PACAEMBU - Por meio de requisição do Ministério Público da Comarca de Pacaembu, a Polícia Civil deflagrou em conjunto com a Promotoria Estadual e ainda técnicos do Tribunal de Contas do Estado e da Fazenda Estadual na chamada Operação Atoleiro, que investiga supostas ilicitudes praticadas naquele Município.

As irregularidades seriam decorrentes da contratação de empresas para realização de obras por empreitada, mas onde essas empresas receberiam vantagens indevidas e com prejuízos ao Erário Público Municipal.

As autoridades descobriram que há indícios de prática de crimes de fraude à licitação.

Durante a investigação, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva de oito pessoas, entre elas funcionários públicos municipais e empresários e ainda pela expedição de mandado de busca e apreensão em residências, empresas e locais de trabalho dos investigados e mais a sede da Prefeitura de Pacaembu para a localização de documentos e provas relacionadas à investigação  em 19 locais diferentes.
Também foi representado pelo afastamento cautelar dos envolvidos que ocupam cargos, empregos ou funções, sem prejuízo da remuneração de outros três investigados (secretários e servidores).
Participação do Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público e Polícia Civil
Durante a tramitação da investigação foi feito um acordo de cooperação entre o Ministério Público de Pacaembu, a Polícia Civil e o Tribunal de Contas de Adamantina, o que agilizou o compartilhamento de informações entre as instituições.
A ação policial conta com a participação de 20 Delegados de Polícia, 72 policiais civis, quatro Promotores de Justiça, seis agentes de fiscalização do TCE do Estado de São Paulo e quatro agentes fiscais da Secretária da Fazenda do Estado de São Paulo. 
Após os trabalhos da Polícia Judiciária os presos serão encaminhados para o CDP de Pacaembu, onde permanecerão à disposição da justiça. 

PH Multimarcas 215 (blog do giu) - 11/03/2020
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole