Blog do Giu

39969

Escola Getúlio Vargas esclarece polêmica levantada por pai de aluno

Pai reclama que atrações de festa junina foram "cobradas"

OSVALDO CRUZ - A Escola Municipal "Getúlio Vargas" emitiu nota à Rádio Clube e Califórnia FM a respeito da reclamação do pai de aluno, seu Pedro Lima.

Ele procurou a Central de Atendimento ao Cidadão das emissoras e disse que na quinta-feira, 22, foi até a escola Getúlio Vargas onde houve uma festa junina. "E foi tudo vendido: os brinquedos, os cachorro quentes, os refrigerantes e até a pipoca. Gostaria de saber do prefeito e da diretoria da escola o porquê foi tudo vendido (cobrado)? E o dinheiro foi revertido a o que?".

Segundo o reclamante, "muitos pais tiveram que ir embora porque não tinham dinheiro para compra  tudo o que as crianças queriam. O que era para ser uma festa, para muitos pais foi um transtorno", afirmou Pedro Lima ao acrescentar que espera uma resposta do prefeito, visto tratar-se da Escola Getúlio Vargas ser uma escola pública e não particular (vide reclamação ao lado).

Resposta da Escola

Através de nota, a direção da Escola Municipal Getúlio Vargas afirmouq eu a Festa do Cachorro Quente é tradicional e tem o objetivo de integrar a unidade com os familiares dos alunos e a comunidade.

Acrescenta que a festa ocorre à noite a pedido dos pais, que não podem comparecer em outras festividades que se dão no período de aulas. "Esse tipo de festa é para arrecadação de recursos e acontece também em outras escolas da nossa cidade", afirma a nota.

A direção acrescenta que a promoção é da Associação de Pais e Mestres (APM) da escola e não da direção. Os cachorros quentes foram vendidos antecipadamente com pedido de ajuda de alunos, pais, professores e funcionários e que oe vento foi divulgado por emissoras de rádio locais.

"Os preços dos produtos e atrações foram acessíveis ao alcance de toda clienteça escolar, sendo de R$ 1 a R$ 6". "A arrecadação e os gastos são acompanhados pela APM e o Conselho de escola, que são compostos por pais, professores, funcionários e direção", completa o documento.

A informação é que neste mês tanto a APM quanto o Conselho de Escola vão se reunir para fechamento de balancete da festa e indicar onde o dinheiro arrecadado será investido.

Festa de graça é na Semana da Criança

A direção da Escola Getúlio Vargas frisou ainda na nota à imprensa que na Semana da Criança (realizada em outubro) a unidade faz uma festa e oferece algodão doce, raspadinha e pipoca para todos os alunos gratuitamente e que isto só é possível com o dinheiro arrecadado com a Festa do Cachorro Quente.

 

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole