Blog do Giu

41023

Carro de Bancária assassinada em Tupã é encontrado em Maringá

Veículo utilizado pelo ex-marido na fuga foi abandonado próximo à rodoviária de Maringá

MARINGÁ (PR) -  O carro (Fiat Punto) da bancária Débora Goulart Subires de 33 anos, assassinada no mês passado na cidade de Tupã, foi encontrado em estado de abandono na Avenida dos Centenários ao lado da estação

rodoviária de Maringá. A bancária foi encontrada morta na residência onde residia com o companheiro na Rua Tupinambás, Centro de Tupã no dia 22 de Agosto.

A vítima, que estava vestida com roupas de academia, foi assassinada com três facadas. O atual companheiro da mulher, não foi localizado. O carro do casal também não estava na garagem da residência. O caso já é investigado pela Polícia Civil.

Segundo consta, familiares tentaram falar com a bancária e como não conseguiram o contato ligaram para a Polícia Militar. Os PMs foram até a residência e após entrarem no imóvel encontraram a mulher já sem vida e com uma faca cravada no peito.

A suspeita é que o crime tenha ocorrido na noite do dia 21/08. De acordo com as investigações, Débora Goulart já havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-marido, Aílton Basílio por violência doméstica. Segundo testemunhas, na segunda-feira (21), ele buscou a bancária no trabalho e ela não foi mais vista.

Aílton teria fugido após o crime e a suspeita é de que ele possa ter ido para a cidade de Luiziânia (SP), cidade natal dele e da ex-mulher. O caso é investigado como feminicídio pela Delegacia de Defesa da Mulher.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole