Acontece

47591

Polícia Civil procura suspeito de matar namorada a tiros após briga em Mirandópolis

Suspeito de 57 anos já ficou preso por mais de 10 anos por assassinar a ex-companheira na década de 90.

MIRANDÓPOLIS - A Polícia Civil procura o homem de 57 anos, que é suspeito de matar a tiros a namora Rogéria Manoela Rocha, de 35 anos, em Mirandópolis (SP). Segundo a Polícia Civil, João Batista dos Santos já ficou mais de 10 anos preso por matar uma ex-companheira.

O crime foi registrado no bairro Nossa Senhora de Fátima, na manhã de sexta-feira (19). Logo após a morte de Rogéria, o suspeito chegou a capotar o carro durante a fuga. Ele abandonou o veículo e fugiu a pé por uma estrada rural.

um inquérito foi instaurado e testemunhas estão sendo ouvidas. Além disso, a polícia faz buscas por todo município.

“A área por onde ele fugiu é muito extensa. Para piorar, ele conhece muito bem o terreno, pois vivia aqui há anos. Estamos empenhados em buscar pistas para conseguirmos detê-lo”, afirma o delegado.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeito pode entrar em contato com a delegacia da cidade pelo número (18) 3701-1444.

Reincidente

Além de matar a namorada a tiros, João Batista dos Santos já ficou mais de 10 anos preso por assassinar outra mulher com quem convivia na década de 90.

Projetec 63 (acontece) - 23/04/19

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole