- Atualizado em 22/08/2019 17:13

Acontece

48445

Polícia Civil conclui inquérito sobre tráfico de drogas envolvendo estudantes de medicina

Uma das envolvidas voltou para a cadeia ontem

ADAMANTINA - A Polícia Civil de Adamantina concluiu no dia  7 de agosto de 2019 o inquérito sobre a prisão de quatro estudantes de medicina da Unifai que haviam sido detidos em flagrante no dia 10 de maio, apontados como autores dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Dias após a prisão, os acusados foram colocados em liberdade provisória por decisão de tribunais superiores. No entanto, as investigações prosseguiram pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Adamantina, onde foram juntadas outras prova.

Com os novos elementos, o delegado do caso remeteu ao juízo o procedimento e fez um pedido de prisão preventiva.

O Ministério Público de Adamantina concordou com a solicitação e, após decisão do Judiciário Estadual, uma das acusadas voltou a ser presa.

O mandado foi cumprido na tarde desta terça-feira (20) à tarde quando ela chegava em casa. Os outros três acusados seguem em liberdade, mas respondendo ao mesmo processo.

Relembre o caso

A prisão dos estudantes se deu no âmbito da “Operação Alquimista”, desenvolvida pela Polícia Civil de Adamantina com foco no combate ao tráfico de drogas, em especial sobre substâncias sintéticas. Os policiais apuraram que durante algumas festas de universitários e outras abertas ao público em geral, eram comercializadas drogas sintéticas trazidas por alguns estudantes de medicina que abasteciam os usuários.

Durante a investigação foram levantados informes de que os suspeitos levariam drogas para serem comercializadas em uma festa eletrônica, na cidade. Foi identificada pelos policiais a pessoa que teria comprimidos de ecstasy para distribuição.

Assim, no dia 10 de maio, buscas domiciliares foram cumpridas e nove estudantes detidos, dos quais, quatro foram presos em flagrante pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo dois homens e duas mulheres, em poder dos quais encontrou-se drogas sintéticas como LSD, ecstasy, MD e maconha.

Lojas Real 148 (blog do giu) - 21/08/2019

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole