- Atualizado em 09/09/2020 11:19

Acontece

51412

Família de criança que teve dois dedos amputados nega que pai do menino tenha usado objeto para cortar um dos dedos do filho

A esposa alegou que o homem tentou abrir o carrinho para soltar o dedo do filho, mas não conseguiu.

ARAÇATUBA - A família da criança de 3 anos, que prendeu a mão direita em um carrinho de bebê e precisou ser socorrida para a Santa Casa de Araçatuba, negou que o pai do menino tenha usado um objeto para cortar um dos dedos do filho.

A esposa alegou que o homem tentou abrir o carrinho para soltar o dedo do filho, mas não conseguiu.
 
Os pais também afirmaram que tentaram levar a criança junto com o carrinho para o hospital, mas parte do dedo se soltou e ficou preso no carrinho.
 
O caso foi registrado em 18 de agosto como lesão corporal de natureza gravíssima por um funcionário da Santa Casa. 
 
A criança passou por procedimento cirúrgico para a cobertura do osso exposto e recebeu alta hospitalar.
 
O caso segue sob investigação.
 
Casa Avenida 503 (regional) - 04/09/2020
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole