- Atualizado em 11:23

Acontece

47529

ESTADO: quadrilha que vendia vagas em cursos de medicina movimentou R$ 5 milhões em seis meses pelo interior

Ação foi deflagrada pela Polícia na sexta-feira

ASSIS - A operação deflagrada na manhã de sexta-feira (12), que prendeu 17 pessoas em várias cidades no Estado de São Paulo denunciadas por venda de vagas em vestibulares, desmantelou um esquema de fraude que movimentou cerca de R$ 5 milhões nos últimos seis meses, segundo a polícia.

A Operação foi batizada de Asclépio, que na mitologia grega significa Deus da Medicina e da Cura, foi organizada pela Polícia Civil em conjunto com o Ministério Público.

O esquema de venda de vagas envolveu alunos da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) de Assis, que foi de onde partiu a investigação da Polícia Civil.

As prisões ocorreram nas cidades de Fernandópolis, Andradina, São Paulo e Presidente Prudente. Os policiais civis cumpriram 55 mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos computadores, dinheiro, cheques e carros de luxo dos suspeitos que foram presos em condomínios de luxo.

A operação contou com a participação de 350 policiais civis, que tiveram apoio de policiais de Minas Gerais e promotores de Justiça de Assis, Fernandópolis, São José do Rio Preto e São Paulo. Os homens presos foram encaminhados para a cadeia de Lutécia e, as mulheres, para a de Dracena.

Revestir 102 (acontece) - 15/04/2019

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole