- Atualizado em 10:45

Acontece

40512

Câmara derruba veto de Mazucato a PL que dispensa servidoras para realizarem preventivos

Decisão do plenário foi unânime

OSVALDO CRUZ - A Câmara de Osvaldo Cruz derrubou na noite de ontem, 7, o veto do prefeito Edmar Mazucato (PSDB) ao Projeto de Lei (PL) 45/2017, de autoria do vereador Homero Massarente (PMDB) que concede às servidoras municipais a dispensa de um dia de trabalho, uma vez ao ano, para a realização de exames preventivos contra o Câncer de Mama.

Todos os vereadores foram contrários ao veto.

O expediente foi aprovado em maio deste ano, mas acabou vetado pelo prefeito.

Em seu veto, Mazucato argumenta que como o exame é possível de ser feito em Osvaldo Cruz, junto à Rede Feminina de Combate ao Câncer, “não é necessário o deslocamento das mesmas [servidoras] para outras cidades de nossa região”.

Além disso, Mazucato citou, ainda, o apoio dado ao Outubro Rosa, que incentiva as mulheres a fazerem o exame preventivo.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole