Acontece

41038

Câmara: cessão de prédios do Memorial e Centro de Múltiplo Uso deve ser revogada

Prédios, que seriam usados para abrigar as instalações da Câmara, deverão ganhar novos destinos

Prédio do Memorial irá abrigar o Museu de Osvaldo Cruz (Foto: Alessandro Ferreira da Costa/Jornal Cidade Aberta) Prédio do Memorial irá abrigar o Museu de Osvaldo Cruz (Foto: Alessandro Ferreira da Costa/Jornal Cidade Aberta)

OSVALDO CRUZ - A Câmara de Osvaldo Cruz deve analisar na noite desta segunda-feira, 18, a revogação da cessão dos prédios do Memorial e Centro Múltiplo Uso, na rua Fernando Costa, que havia sido feita pela Prefeitura ao poder Legislativo.

Em 2015, o Legislativo aprovou lei que autorizava o Poder Executivo a ceder os dois prédios para abrigar as instalações da Câmara, que há anos paga aluguel no atual endereço (também na rua Fernando Costa). A ideia, porém, nunca saiu do papel.

Diante do impasse, deu entrada na Câmara o Projeto de Lei (PL) 73/2017, que revoga a Lei 3.172/2015 que cedia os dois prédios à Câmara.

Neste ano, inclusive, o prefeito Edmar Mazucato (PSDB), garantiu que há um projeto para seja implantado um museu em Osvaldo Cruz  - LEIA AQUI.

Impasse

Anunciadas na gestão do ex-prefeito Valter Luiz Martins, o Valtinho (PSDB), as duas obras somam mais de R$ 645,2 mil (R$ 376.531,56 no Memorial e R$ 268.713,53 no Centro de Múltiplo Uso) e estão prontas há pouco mais de três anos.

Inicialmente, ainda na gestão Valtinho, a ideia era para quando os prédios ficassem prontos abrigassem um museu (no Memorial) e um Posto de Saúde da Família (PSF) Central (no Centro de Múltiplo Uso) – pois passaria a funcionar do lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), obra essa também sem um desfecho definido.

As obras tiveram início na metade do ano de 2012 e a previsão para a conclusão era para 2013, o que não aconteceu. Em 2015, já na gestão do prefeito Edmar Mazucato (PSDB) as obras foram concluídas, no entanto, de lá para cá diversas as especulações sobre o que seria instalado nos prédios.

Após algumas conversas entre o Executivo e o Legislativo, a grande expectativa era de que a sede da Câmara fosse transferida para os dois locais.

Em 2015, inclusive, a Câmara aprovou duas cessões de prédios de propriedade da Prefeitura ao Legislativo e ao Detran-SP.

À Câmara, dois prédios foram destinados: o Centro de Múltiplo Uso (que seria a sede administrativa do Legislativo) e o Memorial Municipal (onde seria o plenário).

Problemas estruturais impediram transferência da Câmara

Mesmo com a aprovação de uma sessão à Câmara, tanto o Centro de Múltiplo, como o Memorial Municipal, jamais chegaram a receber a mudança.

Isso porque, os dois prédios chegaram a apresentar problemas em sua estrutura, principalmente infiltrações causadas pelas chuvas.

A expectativa era de que no ano passado a Câmara passasse a usar os dois locais, algo que acabou não ocorrendo.

Mudança de percurso

Após um encontro em São Paulo com o diretor de Museus da Secretaria de Estado da Cultura ficou definido que o Memorial será usado para sua finalidade inicial. Isso significa que a cidade de Osvaldo Cruz deve, em breve, contar com um museu.

Já o prédio do Centro de Múltiplo Uso irá receber do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que atualmente atende em casa alugada próxima ao Centro Cultural.

“Queremos entregar o mais rápido possível. Vamos sair do aluguel e com isso vamos dar um melhor atendimento à população”, destacou o prefeito Edmar Mazucato.

Os dois prédios estão prontos e precisam, apenas, de adequações.
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole