- Atualizado em 05/06/2020 11:13

Acontece

50638

Auxílio Emergencial: Muitas pessoas não irão receber a 3ª parcela

Ter recebido a primeira e a segunda parcela, não garante que também irá receber a terceira

NACIONAL - O Auxílio Emergencial foi criado para ajudar as pessoas que foram atingidas pela pandemia do novo coronavírus, que causou um caos na economia.

O auxílio de R$ 600 é destinado para microempreendedores individuais, autônomos, desempregados, mães chefes de família, que acabaram tendo suas rendas comprometidas devido ao isolamento social.

Até agora, muitos brasileiros já receberam a primeira parcela e já está sendo paga a segunda parcela. Enquanto isso, a Caixa prometeu para daqui alguns dias divulgar o calendário da 3ª parcela do auxílio.

Muitos beneficiários mesmo tendo recebido as duas parcelas anteriores, podem ser cortados na 3ª parcela.

Quem vai deixar de receber a 3ª parcela do auxílio?

É bom que você saiba, que ter recebido a primeira e a segunda parcela, não garante que também irá receber a terceira parcela. Isso pode acontecer porque em cada pagamento ocorre uma reanálise dos cadastros.

Segundo o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, existe uma preocupação em ocorrer pagamentos indevidos, ou seja, quem se cadastrou de uma forma irregular e tenha o auxílio cancelado, ou, a pessoa que estava recebendo o auxílio e conseguiu um emprego com carteira assinada, nesse caso o benefício será cortado.

Para poder pagar a terceira parcela, o governo irá fazer uma reanálise de todos os cadastros que já foram aprovados e se eles ainda estão cumprindo os requisitos necessários. Você que recebe o Auxílio Emergencial, e, nesse meio tempo consegue um trabalho formal, a informação irá constar na Carteira de Trabalho e o sistema irá analisar os dados do benefício e irá vetar o pagamento.

Essa regra também vai valer para quem começar a receber outro benefício entre o recebimento da primeira e segunda parcela do Auxílio Emergencial, como, por exemplo, uma aposentadoria, nesse caso também o auxílio de R$ 600 será cortado.

Conheça outros motivos que podem impedir o recebimento da terceira parcela

Outros motivos que podem levar você a não receber a terceira parcela do auxílio emergencial, além do que já foi mencionado:

Ser empregado com carteira assinada;

Estar recebendo seguro-desemprego;

Aposentado ou pensionista do INSS;

Receber demais benefícios, com exceção do Bolsa Família: Benefício de Prestação Continuada (BPC); Auxílio Doença; Garantia Safra; Seguro Defeso;

Ser de família com renda mensal por pessoa superior a meio salário mínimo (R$ 522,50);

Renda familiar mensal total maior que três salários mínimos (R$ 3.135);

Limite maior que duas pessoas que recebem Bolsa Família na mesma família;

CPF irregular.

E a terceira parcela quando será paga?

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, o pagamento da terceira parcela estará disponível em duas semanas. Entretanto, ele disse que também deve anunciar o cronograma de repasses do benefício para o pagamento de lotes residuais para àquelas pessoas que ainda não receberam nenhuma das parcelas.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole